Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!
X

Envie sua mensagem

Aguarde, enviando contato!
Categoria: Blog Publicado em: 19/05/2020 comentários

Síndrome de Kallmann unilateral com heterotopia da substância cinzenta

Síndrome de Kallmann unilateral com heterotopia da substância cinzenta
  • Compartilhe Post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Este é o caso de um menino de 13 anos, com obesidade, baixa estatura, microcefalia, baixo volume testicular, história de convulsões e hiposmia.

Ele realizou uma RM do crânio, com foco para avaliação dos bulbos olfatórios.

Vejam as imagens abaixo, já com as setas e esquemas para facilitar a compreensão:

Síndrome de Kallmann unilateral com heterotopias da substância cinzenta

Para compreender melhor estes achados, precisamos inicialmente entender a anatomia normal dos bulbos olfatórios e das estruturas adjacentes. Vamos revisar isso?

- O nervo olfatório (NC I) se origina nas células bipolares no teto da cavidade nasal.

- Seus filamentos passam através da placa cribriforme, perfuram a dura-máter e compõem o bulbo olfatório.

- Assim, formarão o nervo olfatório, que passa dentro do sulco olfatório (na fossa craniana anterior), separando os giros reto e orbital medial.

Veja como essas estruturas aparecem na RM do crânio:

Síndrome de Kallmann unilateral com heterotopias da substância cinzenta

Agora que revisamos a anatomia normal, vamos revisar o caso do paciente, com um olhar mais detalhado das alterações?

Síndrome de Kallmann unilateral com heterotopias da substância cinzenta

A síndrome de Kallmann (SK) é uma condição congênita que surge devido à migração prejudicada dos axônios olfativos e dos neurônios do hormônio liberador de gonadotropina (GnRH) do placodo olfativo embrionário para o hipotálamo, resultando em hipoplasia/aplasia do bulbo e trato olfatório, associado a malformações do córtex frontobasal. É considerado, portanto, no espectro de anomalias da migração neuronal.

A SK geralmente se apresenta como um defeito bilateral, mas raramente pode ser unilateral, como neste caso.

Clinicamente, apresenta-se mais comumente em homens, com criptorquidia, microcefalia, alterações puberais (virilização, surto de crescimento, desenvolvimento de pêlos).

Além disso, podem haver anomalias congênitas (hiposmia/anosmia, defeitos da linha média, agenesia renal unilateral).

A análise bioquímica revela níveis inadequados de FSH/LH, com nível reduzido de testosterona nos homens e níveis reduzidos de estradiol nas mulheres.

A ressonância magnética demonstra agenesia/hipoplasia dos bulbos e tratos olfatórios e uma diminuição na profundidade ou ausência do sulco olfatório, resultando em uma falta da diferenciação clara entre o giro reto e o giro orbital medial.

 

Fonte: 

Caso da semana - AJNR - 14 de Maio de 2020

 

Olá, deixe seu comentário para Síndrome de Kallmann unilateral com heterotopia da substância cinzenta

Enviando Comentário Fechar!

CONHEÇA NOSSA EQUIPE

Ana Fonseca

Ana Fonseca

Neurorradiologista

Radiologista com atuação em Neurorradiologia e Cabeça e Pescoço. Fellowship na Santa Casa de São Paulo e grupo DASA.

Bárbara Trapp

Bárbara Trapp

Neurorradiologista

Radiologista com atuação em Neurorradiologia. Fellowship em Neuroimagem pela Unifesp e Universidade de Viena.

Igor Padilha

Igor Padilha

Neurorradiologista

Radiologista com atuação em Neurorradiologia e Cabeça e Pescoço. Fellowship na Santa Casa de São Paulo e grupo DASA.

Camila Amâncio

Camila Amâncio

Neurorradiologista

Radiologista com atuação em Neurorradiologia no Hospital Sírio-Libanês e grupo DASA. Fellowship no Hospital Sírio-libanês.

 

Cadastre-se em nossa Lista VIP